Resgate de epífitas garante preservação da biodiversidade local



Preservar a diversidade genética da flora existente na região é uma das finalidades do Subprograma de Resgate de Germoplasma e Epífitas, que é executado pela Gestão Ambiental das obras de duplicação da BR-158-287/RS. Com este objetivo, a equipe do Programa de Proteção à Flora realizou mais um resgate e transplante de epífitas nativas presentes em árvores suprimidas para a construção do novo viaduto do Castelinho.

Seguindo o Plano Básico Ambiental, a equipe da gestão identifica todos exemplares que serão transplantados, além de realizar vistorias periódicas para monitoramento das espécies realocadas. A remoção é feita de forma manual, sempre com o cuidado de minimizar os danos ao vegetal. Para isso, os colaboradores do empreendimento responsáveis pela supressão da vegetação recebem orientação sobre os procedimentos a serem adotados para realização do serviço. Um levantamento prévio determina o local que receberá as epífitas. Nesta etapa são priorizados pontos que apresentem características semelhantes ao local de origem.

Notícias em Destaque
Notícias Recentes
Arquivo Mensal
Pesquisa por tags
Sigam-nos
  • Preto Ícone Google+
  • Instagram Social Icon

© 2019  Gestão Ambiental BR-158/287-RS Travessia Urbana de Santa Maria | Desenvolvido por @InnovatorDesign