O que ainda falta fazer para concluir a duplicação da Travessia Urbana

A principal obra de infraestrutura rodoviária da história de Santa Maria está prestes a completar 7 anos, em dezembro, e entra na reta final em ritmo abaixo do esperado devido ao repasse de verbas menor do que o necessário. Até o momento, já foram gastos R$ 281 milhões e concluídos 92,8% dos trabalhos. Porém, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ainda mantém a meta de concluir 100% da obra e liberar o trânsito nos 14,5 km duplicados até metade de 2022. Tudo dependerá da liberação de mais recursos.


Para o Orçamento de 2022, o Dnit pediu R$ 20,8 milhões para poder terminar os trabalhos. Esse pedido ainda está sob análise do Congresso, que terá de votar o Orçamento. Essa é a verba que faltará se forem liberados outros R$ 10 milhões prometidos para virem até o final de 2021. Devido ao dinheiro limitado, problema que acompanha a obra desde o início, o Dnit teve de priorizar alguns canteiros de obras na Travessia.

PRIORIDADE DO LOTE 2 É NA SANTA MARTA

Agora, a principal frente de trabalhos é a conclusão do viaduto da Santa Marta. Após a remoção de casas de 14 famílias, que ganharam residências em outros locais, foi possível construir e asfaltar as pistas laterais e a rotatória embaixo do viaduto. Elas devem ser concluídas até o início de novembro, quando o trânsito será liberado. E segue a construção do segundo aterro, com meta para liberar o tráfego sobre o viaduto até dezembro. Enquanto isso, estão sendo feitas divisórias centrais, iluminação e calçadas no trecho entre a Santa Marta e as pontes do Arroio Taquara.

Em breve, será colocada a sinalização definitiva na pista. A meta é, até o final do ano, concluir 100% da duplicação em todo esse trecho, entregando as quatro pistas do Arroio Taquara até a Santa Marta - somado o trecho do Castelinho até a Uglione, devem ser entregues definitivamente 10 km este ano. Depois disso, as equipes devem concluir a passagem inferior da Rua Vasco da Cunha e a duplicação dali até a Santa Marta.


OBRAS NA URLÂNDIA

No lote 2, em breve, começará a ser feito o desvio na entrada da Urlândia, para começar a construção da passagem inferior no local. Ela deve ficar pronta no 1º semestre de 2022 e permitir que veículos cruzem da Rua Orlando Fração para a Urlândia, e vice-versa, por baixo da rodovia. Também está prevista para até junho de 2022 a reforma da passarela da Urlândia e a conclusão da duplicação dali até a Uglione. O 2º viaduto da Uglione deve ficar pronto no início de 2022.

ASFALTO NOVO

Já no lote 1, da Uglione ao Castelinho, os planos do Dnit são recuperar a pista antiga e os problemas na rodovia, como o asfalto que cedeu em frente às lombadas eletrônicas, para depois colocar a última camada de asfalto e a sinalização definitiva em todo o trecho de 5 km. A previsão é que isso será feito até dezembro, entregando definitivamente essa parte da obra do Castelinho à Uglione.

TRINCHEIRA DA UGLIONE FICARÁ POR ÚLTIMO

Para 2022, os trabalhos no lote 1 seguirão no trevo da Uglione. Agora, só nove operários constroem um viaduto da rotatória, que ficará sobre a trincheira (pista abaixo do nível do solo). E segue o trabalho de construção dos muros da trincheira, que servirá para o tráfego São Sepé-Itaara e vice-versa.

É preciso concluir esse viaduto da rotatória para seguir as escavações por baixo dele. Após, será preciso construir outro pequeno viaduto na rotatória. Enquanto isso, foram retomados os trabalhos do 2º viaduto da Uglione. Estão sendo concluídos os pilares para, depois, serem colocadas sobre eles as vigas de concreto, que já estão prontas e precisarão ser içadas. Só então será possível continuar as escavações da trincheira nesse local. Apesar de o Dnit prever que toda a trincheira será concluída até junho de 2022, diante da complexidade dos trabalhos e do ritmo de liberação de verbas, será um desafio cumprir com esse prazo.

Fonte: Diário de Santa Maria

Notícias em Destaque
Notícias Recentes
Arquivo Mensal
Pesquisa por tags
Sigam-nos
  • Preto Ícone Google+
  • Instagram Social Icon