Você sabia que o município de Santa Maria-RS apresenta expressivo registro de ocorrências fósseis?


Como forma de assegurar o mínimo impacto sobre este patrimônio paleontológico, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio do Programa de Monitoramento Fossilifero, realiza o acompanhamento permanente das atividades de escavações que ocorrem durante a execução obras da Travessia Urbana de Santa Maria (TUSM). Conforme diretrizes propostas pelo Plano Básico Ambiental da obra (PBA), a exposição do solo e rochas, pode possibilitar a descoberta de importantes sítios paleontológicos, entre outras evidências fossilíferas.


Além do monitoramento das escavações, são realizadas atividades com os colaboradores, comunidades dos bairros e com alunos das escolas municipais que fazem parte do ciclo de ações do Programa de Educação Ambiental. Com intuito de potencializar o conhecimento técnico sobre a área também foi estabelecida uma parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde a equipe da gestão entrega as amostras potencialmente fossilíferas que são coletadas nas frentes de obras.


Para você entender um pouco mais sobre o trabalho, a equipe da Gestão Ambiental preparou alguns cards que podem ser compartilhados pelo instagram.





Notícias em Destaque
Notícias Recentes