Travessia Urbana ganha verba extra terá como terminar 5 pontes e viadutos em 2018

O Orçamento da União de 2018, que foi sancionado na terça-feira pelo presidente Michel Temer, trouxe uma boa notícia para a duplicação da Travessia Urbana de Santa Maria. A verba prevista para a obra para 2018, que no início das negociações, em setembro, estava em só R$ 25 milhões, acabou crescendo para R$ 30,5 milhões e, depois, para R$ 38 milhões. Era esse o valor que estava previsto para a duplicação neste ano, mas, segundo o deputado federal Paulo Pimenta (PT), ele conseguiu incluir mais R$ 10 milhões em emendas no último dia de 2017. Com isso, o valor total sancionado no Orçamento da União ficou em R$ 48,289 milhões para este ano - o Diário teve acesso ao documento que mostra esse valor. Além disso, como sobraram cerca de R$ 8 milhões dos R$ 15 milhões que haviam sido remanejados em dezembro para a obra, o total disponível para aplicar em 2018 está em R$ 56 milhões, segundo o Dnit.

- Deram certo minhas emendas. E há o compromisso de conseguir mais R$ 40 milhões para 2018, depois que for gasto esse valor do Orçamento - disse Pimenta.

Se mais isso se concretizar, seriam investidos cerca de R$ 96 milhões este ano na Travessia e, com isso, faltariam quase R$ 90 milhões para poder terminar a duplicação em 2019, quando há uma chance otimista de a obra ficar pronta. Mas conhecendo a realidade do Brasil e dos imprevistos de obras, é bem mais provável que ela só seja concluída em 2020. Só para o viaduto da Uglione, é preciso pelo menos 1 ano e 4 meses de obras, na melhor das hipóteses.

Segundo o engenheiro do Dnit em Santa Maria, João Carlos Tonetto, essa verba a mais foi ótima para garantir um bom ritmo de obra em 2018. Com esses recursos, a previsão é concluir ainda este ano e liberar ao trânsito os viadutos da Estação Rodoviária, da Duque de Caxias e dos trevos da Walter Jobim e da Tancredo Neves, além da ponte do Arroio Cadena. A expectativa é também liberar o trânsito em alguns trechos duplicados ainda este ano.

Com a garantir de mais verbas, o Dnit prevê também ligar a iluminação nos postes já instalados entre o Castelinho e a Uglione ainda nos primeiros meses de 2018, o que vai melhorar a segurança do trânsito à noite. A intenção é reservar uma parte das verbas de 2018 para iniciar as desapropriações de casas e empresas ainda este ano, para liberar alguns trechos para realizar obras.

Fonte: Diário de Santa Maria

Notícias em Destaque
Notícias Recentes
Arquivo Mensal
Pesquisa por tags
Sigam-nos
  • Preto Ícone Google+
  • Instagram Social Icon

© 2019  Gestão Ambiental BR-158/287-RS Travessia Urbana de Santa Maria | Desenvolvido por @InnovatorDesign