DNIT atua na preservação do material Paleontológico durante a execução das obras da Travessia Urbana

Aprimorar a capacidade da comunidade em compreender o que são fósseis e sua importância para o entendimento da história evolutiva da Terra é um dos objetivos das atividades desenvolvidas em parceria entre os programas de Educação Ambiental e Monitoramento Fossilífero. Com esse viés, no mês de julho foi elaborado um vídeo que auxilia na explicação dos conceitos da paleontologia, relacionando o tema com o trabalho de preservação realizado pelo Departamento nacional de Infraestrutura de Transportes durante a execução do projeto de duplicação da BR-158/287-RS, conhecido como Travessia Urbana de Santa Maria. Quer saber mais? Assista ao vídeo



Entre as características de Santa Maria-RS, destaca-se o potencial paleontológico existente no município. Com a finalidade de preservar sítios paleontológicos, fósseis e por consequência seus valores educativo, cultural e científico, a Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes executa o Programa de Monitoramento Fossilífero. O trabalho é desenvolvido pela Gestão Ambiental das obras e realizado em acordo com o Plano Básico Ambiental do empreendimento.



Além do monitoramento das escavações, são realizadas atividades com os colaboradores, comunidades dos bairros e com alunos das escolas municipais que fazem parte do ciclo de ações do Programa de Educação Ambiental. Com intuito de potencializar o conhecimento técnico sobre a área também foi estabelecida uma parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde a equipe da gestão entrega as amostras potencialmente fossilíferas que são coletadas nas frentes de obras.


Notícias em Destaque
Notícias Recentes